fbpx

Neurônio-Espelho e o Marketing

Neuronio-Espelho Marketing

Neuronio-Espelho Marketing

Qual a relação entre o neurônio espelho e o marketing? E como ele criou revoluções no consumo das pessoas?

O Que é o Neurônio-Espelho?

Os neurônios-espelho são ativados quando se observa uma ação sendo realizada, sendo o motivo de imitarmos involuntariamente o comportamento de outras pessoas.

Na prática, quando assistimos alguém fazendo algo, é como se nós mesmos estivéssemos realizando tal atividade.

Ou somos influenciados, como, por exemplo, quando vemos alguém bocejar, bocejamos.

Em suma, se observamos alguém fazendo algo (ou se lemos a respeito), acabamos fazendo a mesma coisa em nossa mente.

Neurônio-Espelho e o Marketing

E o que os neurônios espelho tem a ver com o marketing? Qual essa relação entre o neurônio-espelho e o marketing?

Bom, os neurônios-espelho nos fazem imitar mutuamente os comportamentos de consumo dos outros. Assim, se vemos alguém com um produto diferente, nossos neurônios-espelho desencadeiam em nós um desejo de ter aquele produto.

Martin Lindstrom no livro “A Lógica do Consumo” coloca que o comportamento de outras pessoas afeta nossa experiência de consumo e, em última instância, influencia nossas decisões de compra.

Isso também explica fenômenos como os unboxings da vida. Ou seja, sentimos que estamos nós mesmos abrindo os produtos quando vemos vídeos de unboxing.

Assim, os neurônios-espelho e o marketing explicam movimentos de consumo tanto de produtos como de conteúdos no YouTube, por exemplo.

Neurônio-Espelho, Marketing e Dopamina

Comprar pode se tornar um vício e é fato que sim, o consumo libera felicidade, mesmo que por um prazo curto.

Mas de onde vem essa felicidade então? E qual essa relação entre neurônio-espelho, marketing e dopamina?

O que é feito hoje pelas lojas é a sensação de pertencimento. Ao comprar de uma marca forte, que se utiliza de pessoas bonitas e ambientes vistosos, o consumidor se sente “um deles”. Sente-se mais popular e melhor devido aos neurônios-espelhos.

O consumidor se vê como aquela pessoa à medida que consome o que ela consome e participa dos mesmos ambientes.

E isso, claro, libera dopamina, que gera prazer, pois a pessoa se identifica como a outra, mesmo que por um curo prazo de tempo.

Por isso às vezes você pode sentir um desejo de fumar ao ver um ator famoso fumando e pode sentir uma emoção ao comprar um cigarro, por exemplo.

Esses neurônios-espelho também explicam a popularidade de jogos como The Sims ou Guitar Hero. A pessoa se sente vivendo aquela vida e se sente um rei do rock, mesmo que momentaneamente.

Mas em quais outras situações os neurônios espelhos atuam?

Não esqueça de se inscrever no site e no YouTube! 🙂

Inscreva-se no canal do Youtube.

[wd_hustle id=”Newslette” type=”embedded”/]

A Lógica do Consumo: Resumo Por Tópicos

Introdução

Product Placement: Pontos Positivos e Negativos

Neurônio-Espelho e o Marketing (Você está aqui!)

Publicidade Subliminar

Rituais de Consumo

Fé, Religião e Marcas

Marcadores Somáticos e o Marketing

Marketing Sensorial

blogmundim

Ler o anterior

Product Placement: Pontos Positivos e Negativos

Ler o próximo

Teste AB no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *