fbpx

Categoria: Marketing Digital

Segmentos de Clientes: Canvas

Segmentos de Clientes: Canvas

Como funciona os segmentos de clientes no Canvas?

Antes de seguirmos, é importante entender o que é o Canvas. O Canvas é uma abreviação para Business Model Canvas; uma ferramenta para desenvolvimento e inovação de modelos de negócio.

A proposta é apresentar de forma visual o modelo de negócios das empresas por meio de um quadro denominado Canvas.

E o que é um modelo de negócios?

O modelo de negócios é uma estrutura que guia o desenvolvimento e a inovação de estruturas e processos organizacionais.

Resumindo: modelos de negócio são “esqueletos” que representam negócios e podem ser replicados e/ou aprimorados.

Mas sem mais delongas, vamos aos segmentos de clientes no Canvas.

Segmentos de Clientes: Canvas

Os segmentos de clientes representam um de nove componentes (você pode ver melhor abaixo) no Canvas.

A proposta dos segmentos de clientes no Canvas é identificar para quem a sua empresa está criando valor e quem são os consumidores mais importantes para ela.

Quem conhece mais o cliente, afinal, tem muita vantagem no mercado.

A comunicação e o marketing se tornam muito mais certeiros!

Portanto, esse é um ponto central no Canvas.

E por que você deve dividir seus clientes em segmentos de clientes?

Por que não trata-los como apenas “clientes” e executar a mesma estratégia para todos?

O que, convenhamos, é o que quase sempre fazemos.

Mas por que lutar contra isso e tentar fazer a segmentação de clientes?

Fato é que nossos clientes tem necessidades diferentes, e portanto necessitam de ofertas de valor diferentes.

Por exemplo, você pode precisar de um tênis profissional de corrida e outra pessoa de um sapato para um evento social. Mesma loja; soluções diferentes.

Esses clientes também são atingidos por canais de distribuição e comunicação diferentes. Por exemplo, um de seus cliente pode ter o contato com sua marca por meio de um parceiro, outro por meio da internet. Logo, você não pode ignorar esse seu parceiro como um ponto de contato relevante, tampouco a internet. Deve-se pensar em entender esses clientes e suas diferenças.

O relacionamento com o seu cliente pode se diferenciar também, de modo que, por exemplo, em um cliente, caso você preste serviços, você pode necessitar ter uma pessoa internet para a elaboração do trabalho. Já em outros, com outros planos, você pode não precisar desse funcionário a mais.

Esses clientes devem ser tratados de forma diferente, até mesmo por, provavelmente, terem um nível de lucratividade diferente.

Esse é outro fator importante para segmentos de clientes no Canvas: entender a lucratividade dos seus clientes.

Caso exista uma lucratividade diferente dentre seus clientes (por exemplo, para um determinado grupo, sua lucratividade é de 10% e para outro de 30%), você deve optar por aumentar a relação com os clientes mais lucrativos.

Por fim, clientes também pode ser atraídos por aspectos diferentes de sua oferta de valor. Por exemplo, você pode se sentir atraído para uma festa pela música ou pelas pessoas que vão no lugar.

Para convencer uma pessoa pela música, você provavelmente deve focar mais nesse aspecto. E o contrário também é verdade.

Essa comunicação é essencial.

Linguagem, quando falamos de humanos, é essencial.

E quais são os tipos de segmentos de clientes?

Tipos de Segmentos de Clientes: Canvas

Para entender melhor o teu mercado, existem alguns tipos de segmentos de clientes identificados no Canvas.

Um deles é o segmento de mercado de massa. Aqui os grupos de clientes são um tanto quanto uniformes em relação aos aspectos tratados acima.

O que isso quer dizer?

Não existem canais de distribuição e vendas muito específicos (os pontos de contato são gerais). A lucratividade é basicamente a mesma, visto que os produtos são padronizados. A necessidade também é muito semelhante, como, por exemplo, quase todo mundo utiliza o smartphone pelos mesmo motivos (internet, social, trabalho etc). Por fim, os clientes, em média, pagam pelos mesmos aspectos da oferta.

Claro, há exceções nos mercados de massa, mas em geral possuem uma tratativa muito uniforme.

Um exemplo é o setor de eletrônicos. Pessoas geralmente compram computadores e smartphones, por exemplo, por motivos semelhantes, visando necessidades semelhantes.

Outro exemplo é o nicho de mercado. Aqui o cliente possui muito poder de negociação. Geralmente falamos de empresas que atendem clientes gigantescos e dependem deles para manter seu negócio, tal como produtoras de peças de automóveis, que demandam que as produtoras de automóveis os produzam.

Temos também os mercados segmentados. Aqui, a solução, apesar de parecer muito semelhante, atende a clientes diferentes que demandam alguma personalização. Por exemplo, se você produzisse aço, teria clientes de relógios, de carros, de indústrias hospitalares… enfim. Apesar de todos demandarem o mesmo produto, demandam uma comunicação e um trato diferente.

Outra possibilidade são os mercados diversificados. Estes possuem ofertas de valor tão diferentes que não existem a menor similaridade entre si. Por exemplo, a Amazon possui um sistema de varejo internacional, de um lado, mas uma linha de soluções tecnológicas de outro lado: a AWS.

Por fim, temos também os mercados multilaterais ou plataformas multilaterais. Os mercados multilaterais agem como conectores. Precisam das duas pontas da oferta e demanda. Como, por exemplo, cartões de crédito. Eles precisam de empresas que os aceitem para que as pessoas queiram utilizá-los e precisam de pessoas utilizando para que as empresas queiram utilizá-los.

E assim encerramos a discussão sobre segmentos de clientes no Canvas.

Como você acha que ele pode se aplicar ao seu negócio? Quais os pontos mais relevantes para você?

Conta pra gente!

Assine e receba conteúdos gratuitos e relevantes para você!

Inscrever-se no canal do Matheus Mundim!

Modelos de Negócio: Canvas

Proposta de valor: Canvas

Canais: Canvas

Relacionamento com clientes: Canvas

Fontes de receita: Canvas

Recursos principais: Canvas

Atividades-chave: Canvas

Parcerias principais: Canvas

Estrutura de custo: Canvas

Qual o Papel do Marketing na Sociedade de Consumo?

Qual o Papel do Marketing na Sociedade de Consumo?

Qual o papel do marketing na sociedade de consumo? Qual o impacto do marketing na sociedade?

E aqui, quando falamos de marketing, falamos também de marketing digital. Qual o impacto do marketing digital na sociedade? Qual o seu papel?

Essa talvez seja uma questão um pouco filosófica, não é mesmo?

Qual o papel do marketing na sociedade?

Às vezes parece que esses marketeiros querem apenas nos influenciar a comprar produtos, não é mesmo?

Mas não é bem assim.

O marketing, em um âmbito mais pessoal, pode ser visto como uma ponte entre você e um estado de menos dor ou prazer, à medida em que te ouve e te comunica bens, serviços etc. que te agregariam valor.

Várias compras somam com sua vida, não é verdade?

Por trás delas, há todo um estudo para entender o que seria melhor para você e como seria a melhor forma para te entregar isso.

Obrigado, marketing!

Qual o papel do marketing na sociedade de consumo?

E aqui tratamos da sociedade como um todo.

O marketing e o marketing digital causam impacto na sociedade na medida em que têm uma grande responsabilidade na geração de demanda, que por sua vez, gera emprego e que, por fim, gera renda.

Ou seja, o marketing tem um papel importante no desenvolvimento econômico dos países e do mundo.

Além disso, o marketing também faz com que guiemos as firmas, fazendo-as se tornarem mais responsáveis socialmente, visto que elas têm que nos ouvir, enquanto consumidores.

Portanto, o papel do marketing na sociedade do consumo é tanto melhor a vida das pessoas, individualmente, como ajudar a desenvolver a economia, em um nível macro.

Mas qual sua opinião?

Concorda? Discorda? Por quê?

Te vejo numa próxima.

Inscrever-se no canal do Matheus Mundim!

Assine e receba conteúdos gratuitos e relevantes para você!

Leia mais sobre marketing digital:

Marketing Digital: O Que é? Como Funciona? Quem Faz? Como Fazer?

Marketing Digital Para Pequenas Empresas

Agência de Marketing Digital: Tudo o Que Você Precisa Saber

Como Está o Mercado Para o Profissional de Marketing Digital?

Como Montar Uma Empresa Totalmente Digital?

Como o Marketing Digital Pode Ajudar a Expandir Sua Empresa?

Qual a Diferença Entre ROI e ROAS no Marketing Digital?

Como Usar o WhatsApp no Marketing Digital?

Dá Pra Viver de Marketing Digital?

Agência de Marketing Digital: Tudo o Que Você Precisa Saber

Agência de Marketing Digital: Tudo o Que Você Precisa Saber

É chegado o momento em que sua empresa esta procurando por uma agência de marketing digital para alavancar seus negócios. E agora?

Não se preocupe, aqui teremos um guia para te ajudar nessa situação, tá bom?

Como Funciona Uma Agência de Marketing Digital?

É complicado definir exatamente como funciona uma agência de marketing digital, porque não existe um padrão pré-definido que todas seguem.

De agência para agência, muda-se o preço, o serviço, o foco, o acompanhamento, as entregas… Enfim, são muitas as variáveis que estão em jogo!

Mas, em linhas gerais, uma agência procura fazer o teu marketing digital, com Google, Facebook, Instagram, site etc.

E para isso, ela faz uso de um time com gestores de tráfego (quem cuida da parte de atrair clientes), designers, customer success (quem acompanha teu sucesso), redatores, pessoas de TI e outros profissionais.

É importante então saber o que esperar de uma agência de marketing digital.

O Que Esperar de Uma Agência de Marketing Digital?

Como são empresas bem distintas, umas possuem um foco mais em venda, outras vão cobrar por publicação, por site, por artigos escritos etc., outras agenciarão ferramentas de marketing digital e trabalharão com elas.

Na parte de atendimento, pode haver ou não o acompanhamento com apresentação de resultados e também o planejamento. Pode haver uma comunicação mais formal apenas por email ou mais informal por grupos de WhatsApp.

Sobe o serviço e o foco, vale ressaltar que cada agência de marketing digital possui suas forças… Uma é boa em arte e identidade visual, outra se destaca em redação, outra em tráfego (atrair possíveis clientes).

E falando de preço, teremos desde preços bem baixos de 3 dígitos até 5 dígitos de mensalidade (de 6 dígitos nunca ouvi falar). Pode haver uma comissão por sucesso também, uma cobrança por serviço adicional e adições nesse sentido.

E assim chegamos em um ponto crucial: a parte de contratação dessa agência de marketing digital, onde você precisa avaliar todas essas questões.

Como contratar uma agência de marketing digital?

Ao contratar uma agência de marketing digital, você precisa levantar o seu foco e procurar agências que o atenda. É importante você saber como eles esperam alcançar o seu objetivo e em quanto tempo. E, também importante, como eles apresentarão os resultados para você.

Seu foco é vender pela internet?

Se sim, como a produção de textos, de arte e afins pode impactar em suas vendas?

Pergunte isso!

Quais os tipos de campanha a agência fará?

Pergunte isso!

Quais os casos de sucesso que ela já teve em segmentos semelhantes?

Pergunte isso!

Como ela irá te apresentar os resultados de seu investimento?

Pergunte isso!

Quais as ferramentas ela usará e você terá que pagar? Por que são necessárias? Você pode optar por não usá-las?

Pergunte isso!

Caso você precise de uma parte mais visual, com identidade visual, logo, um site bem bonito, peça pelo portfólio da agência e veja se é condizente com o que você procura.

É preciso ter um pouco de cuidado nessa parte, pois a internet está cheia de “agências” com falsos profissionais que te causarão dor de cabeça. O ideal, portanto, é ter tudo firmado em contrato para que você tenha suporte jurídico.

Por Que Contratar uma Agência de Marketing Digital?

E talvez você ainda não esteja totalmente convencido, esteja se perguntando: mas por que contratar uma agência de marketing digital, afinal?

Talvez você pense que é importante o marketing digital porque ouviu muito isso já, mas não saiba porque é importante.

Pense: quantas vezes por dia você faz uma pesquisa no Google, ou dá uma olhada no seu Instagram, Facebook ou vê um vídeo no YouTube?

Agora imagine quantos possíveis clientes seus fazem a mesma coisa…

É mais do que o número de clientes que você atualmente atende, não é mesmo? Assim, seria sensato da sua parte ter um canal de comunicação com essas pessoas, não acha?

Imagine você atingir quem tem interesse no seu produto e, melhor, quem de fato procura o seu produto!

Seria ótimo, não é mesmo?

E, você pode fazer isso colocando uma equipe interna… ou terceirizando esse serviço, para um freelancer, uma agência de marketing digital ou uma assessoria de marketing digital.

No caso de encontrar agências e assessorias, você possui a vantagem de ter um time de profissionais a sua disponibilidade pelo preço de um funcionário.

Para empresas grandes, faz sentido desenvolver essa inteligência de forma interna. Contudo, para pequenas e médias empresas, o caminho da terceirização, pelo menos no primeiro momento, é provavelmente o mais adequado.

Detalhe: para microempresas, que não conseguiriam arcar o custo de outro funcionário ou de uma empresa terceirizada, o mais interessante talvez seja desenvolver internamente a capacidade de gerenciar um marketing digital básico para pequenas empresas.

Agora, talvez você esteja se perguntando:

Mas Mundim, você atua com uma agência de marketing digital?

E não. Na verdade eu sou Sócio Executivo da V4 Company, uma assessoria de marketing digital que visa desenvolver processos de vendas por meio da internet. É pela V4 que presto meus serviços.

Ultimamente, inclusive, tenho tido uma paixão grande por digitalização de processos também, visando acelerar os trabalhos das empresas.

É algo que vale a pena pensar também, como deixar sua empresa mais ágil!

Enfim, espero que tenha sido claro o texto e qualquer coisa me coloco à disposição.

Caso queira falar sobre a V4 Company, pode me enviar um email em: matheus.mundim@v4company.com.

Como sempre, é um prazer estar aqui contigo!

Inscrever-se no canal do Matheus Mundim!

Assine e receba conteúdos gratuitos e relevantes para você!

Leia mais sobre marketing digital:

Marketing Digital: O Que é? Como Funciona? Quem Faz? Como Fazer?

Marketing Digital Para Pequenas Empresas

Como o Marketing Digital Pode Ajudar a Expandir Sua Empresa?

Qual a Diferença Entre ROI e ROAS no Marketing Digital?

Como Usar o WhatsApp no Marketing Digital?

Dá Pra Viver de Marketing Digital?

Qual o Papel do Marketing na Sociedade de Consumo?

Como Está o Mercado Para o Profissional de Marketing Digital?

Como Montar Uma Empresa Totalmente Digital?

Como Montar Uma Empresa Totalmente Digital?

Como Montar Uma Empresa Totalmente Digital?

Como montar uma empresa totalmente digital em 2020?

Entendamos uma empresa totalmente digital como uma empresa que possui todas suas entregas e desenvolve todas suas atividades por meio da internet e de mídias digitais. Ou seja, não há um contato direto com seus clientes.

Sendo assim, como desenvolver essa empresa totalmente digital, que não demande uma localização física?

Primeiro, quais tipos de produto uma empresa totalmente digital pode oferecer?

Não pode ser um e-commerce, por exemplo, pois demandaria estoque. O dropshipping se aproxima, mas não seria puramente digital em essencial.

Entendo, portanto, que uma empresa digital pode oferecer treinamentos, aplicativos e alguns serviços digitais.

Logo, para montar uma empresa digital, você deve pensar em soluções que orbitem essas possibilidades.

Dentro de treinamentos, temos a categoria mais popular, onde você pode desenvolver uma empresa baseada em suas habilidades, vivências e conhecimentos (saiba o que lançar!).

Você desenvolve um treinamento visando ensinar alguma coisa e o disponibiliza em alguma plataforma, como Hotmart, Monetizze ou Eduzz.

Portanto, a habilidade demandada para esse tipo de empresa digital, baseada em treinamentos, varia muito. Se você possuir algum conhecimento, habilidade ou vivência que gere valor para outra pessoa, você está apto.

O outro tipo de empresa seria de criação e desenvolvimento de softwares e aplicativos.

Aqui o interessante é você ter a ideia de uma solução que um aplicativo ou software traria para um problema. Pense sobre as suas tarefas cotidianas, teus hobbies, teu trabalho… Como pode ser automatizado ou melhorado por meio de um software ou aplicativo.

Algo que aumente acesso, facilite, economize tempo, torne mais divertido etc.

Nesse tipo de empresa, você precisa de um time de pessoas que conheçam de programação para esse desenvolvimento!

Por fim, temos também a possibilidade de prestação de serviços online.

Claro, não são todos os serviços que se pode prestar online.

Contudo, há a possibilidade de se oferecer diversos serviços online!

Serviços de marketing digital, contabilidade, escrita, design, desenho, edição de vídeo… todos esses são possíveis de se prestar por meios digitais.

Nesse modelo, você precisa de profissionais aptos a prestarem esse serviço ou atuar você com esses serviços em uma empresa totalmente digital.

Mas e você, qual o tipo de empresa digital seria ideal para você?

Inscrever-se no canal do Matheus Mundim!

Assine e receba conteúdos gratuitos e relevantes para você!

Leia mais sobre marketing digital:

Marketing Digital: O Que é? Como Funciona? Quem Faz? Como Fazer?

Marketing Digital Para Pequenas Empresas

Agência de Marketing Digital: Tudo o Que Você Precisa Saber

Como o Marketing Digital Pode Ajudar a Expandir Sua Empresa?

Como Está o Mercado Para o Profissional de Marketing Digital?

Qual a Diferença Entre ROI e ROAS no Marketing Digital?

Como Usar o WhatsApp no Marketing Digital?

Dá Pra Viver de Marketing Digital?

Qual o Papel do Marketing na Sociedade de Consumo?

Como o Marketing Digital Pode Ajudar a Expandir Sua Empresa?

Como o Marketing Digital Pode Ajudar a Expandir Sua Empresa?

Como o marketing digital pode ajudar a expandir seus negócios e sua empresa?

Essa é uma boa pergunta, e para responde-la é necessário que você responda antes a uma outra pergunta:

Você já atende sua capacidade máxima de clientes para seu atual custo fixo?

Caso sim, para expandir seus negócios e sua empresa você necessitará de contratar funcionários, alugar estruturas, comprar maquinário etc.

Caso não, você precisa de mais clientes para que tenha mais lucro sobre sua atual estrutura, não é mesmo?

E como você tem conseguido mais clientes hoje?

Você considera fácil adquirir novos clientes para se aproximar dos 100% da sua capacidade de atendimento?

Se sim, talvez esse texto não seja para você. Mas caso você esteja tendo dificuldade por meio de métodos mais tradicionais como patrocínio de eventos, flyers, outdoors etc., talvez seja interessante ouvir mais sobre o marketing digital.

O marketing digital é um processo que visa ampliar, criar e reestruturar novos negócios por meio da internet.

E como ele faz isso? Principalmente através da atração de novos clientes.

Então, como o marketing digital pode te ajudar a expandir seu negócio?

Colocando novos clientes em contato com você!

Clientes que sejam relevantes para seu negócio e que tenham interesse em seus produtos e serviços.

Por meio de ferramentas como Google, Facebook, Instagram e YouTube, fazendo-se uso do conhecimento que essas ferramentas tem sobre seus usuários, o marketing digital consegue ter uma boa assertividade na aquisição de novos clientes!

Não estamos falando de esquemas de pirâmide e infoprodutos. E sim de clientes ligando para você, indo até sua loja e consumindo seus produtos e serviços.

Interessante, não é mesmo?

Que tal então dar uma chance a esse incrível processo?

Inscrever-se no canal do Matheus Mundim!

Assine e receba conteúdos gratuitos e relevantes para você!

Leia mais sobre marketing digital:

Marketing Digital: O Que é? Como Funciona? Quem Faz? Como Fazer?

Marketing Digital Para Pequenas Empresas

Agência de Marketing Digital: Tudo o Que Você Precisa Saber

Como Está o Mercado Para o Profissional de Marketing Digital?

Como Montar Uma Empresa Totalmente Digital?

Qual a Diferença Entre ROI e ROAS no Marketing Digital?

Como Usar o WhatsApp no Marketing Digital?

Dá Pra Viver de Marketing Digital?

Qual o Papel do Marketing na Sociedade de Consumo?

Como o Marketing Digital Pode Ajudar a Expandir Sua Empresa?