fbpx

Categoria: Google

Google Anuncia Google Shopping Grátis em 2020

Google Anuncia Google Shopping Grátis em 2020

Bill Ready, atual presidente de comércio no Google, anunciou nesta terça-feira, dia 21 de abril, que o Google Shopping terá resultados gratuitos. Ou seja, você poderá “anunciar grátis” no Google Shopping!

É um dos maiores anúncios do ano (se não o maior), com certeza.

A partir da semana que vem nos Estados Unidos, os resultados do Google Shopping consistirão primeiramente em listagens gratuitas, mesmo que os vendedores não façam anúncios pelo Google.

É a chance de anunciar seus produtos de forma gratuita na maior plataforma de pesquisa do mundo!

Com essa mudança, certamente o SEO ganhará mais holofotes, visto que serão resultados orgânicos com alta capacidade de monetização.

As mudanças ocorrerão nos Estados Unidos até o fim de abril, mas a previsão é de expandir para o resto do mundo ainda em 2020.

Para ser eleito a essa incrível funcionalidade, é necessário estar inscrito no Google Merchant Center. Caso você não possua uma conta no Google Merchant Center, basta se registrar na plataforma, optando por anunciar seus produtos de forma gratuita no Google Shopping.

Vocês esperavam por essa?

Qualquer forma de anúncio gratuito é muito relevante. Agora, anunciar grátis no Google Shopping é mais do que muitos pediam!

Sei que muitos e-commerces estão agora contando os dias para que essa funcionalidade chegue ao Brasil!

Fontes:

https://blog.google/products/shopping/its-now-free-to-sell-on-google/

https://support.google.com/merchants/answer/9838672

Inscrever-se no canal do Matheus Mundim!

Assine e receba conteúdos gratuitos e relevantes para você!
Como Anunciar no Google Ads Como Afiliado?

Como Anunciar no Google Ads Como Afiliado?

Como anunciar no Google Ads como afiliado?

Se você se fez essa pergunta, temos duas opções: ou você quer começar a anunciar como afiliado no Google Ads ou você já tentou anunciar no Google Ads como afiliado e se deparou com erros.

Para os dois casos, esse artigo é relevante!

E por quê?

Por que o Google Ads não permite que você anuncie um link que leve para um link diferente. Logo, o seu hotlink (o seu link de afiliado) não irá veicular porque ele leva para uma página (a página de vendas) diferente dele. Pelo menos não por muito tempo.

Você pode até enviar a pessoa diretamente para o checkout, mas o link não é atrativo, nem a página!

Mas é possível você anunciar para a página de vendas do produtor e ainda assim ter o seu hotlink ativo?

A resposta é: sim!

Mas tome cuidado, apenas colocar o link da página de vendas com o radical do seu código de afiliado sem passar pelo gateway não irá te atribuir a venda!

O que temos que fazer então para anunciar no Google Ads como afiliado?

Você precisa inserir um “modelo de acompanhamento”.

E o que é um modelo de acompanhamento?

Abro aspas para o Google.

Os modelos de acompanhamento são usados para configurar o acompanhamento. Quando seu anúncio recebe um clique, o modelo de acompanhamento é combinado com seu URL final para criar o URL da página de destino.

E como fazer isso?

URL Final

Na parte de anúncios, você coloca a URL final como a página de vendas com o seu código de afiliado, como na imagem abaixo.

Ficará a página de vendas /?ref=CÓDIGO.

Como Anunciar no Google Ads Como Afiliado?
Como Anunciar no Google Ads Como Afiliado?

Modelo de Acompanhamento

Feito isso, você precisa colocar o hotlink no modelo de acompanhamento. Para isso você clica em “opções de URL do anúncio”.

Não o link da página de vendas, e sim o hotlink, no formato go.hotmart.com/CÓDIGO.

Veja na imagem abaixo.

Modelo de Acompanhamento
Modelo de Acompanhamento

Pronto!

Teste de Atribuição

Agora apenas faça o teste se a atribuição está de fato funcionando.

Para isso, clique no link (pelo Google Ads mesmo na parte de anúncios), vá até o carrinho e confira se há a atribuição no final da página. Veja o exemplo na imagem abaixo.

Conferindo a atribuição de venda
Conferindo a atribuição de venda

E é isso, meu caro!

Se a atribuição estiver funcionando, o código estará lá embaixo.

Espero que tenha ficado claro.

Desejo a você ótimas vendas!

Inscrever-se no canal do Matheus Mundim!

Assine e receba conteúdos gratuitos e relevantes para você!
Introdução ao Search Quality Rating

Introdução ao Search Quality Rating

Aqui faremos uma introdução ao Search Quality Rating, disponível (em inglês) no Search Quality Evaluator Guidelines. Ou seja, compreenderemos as orientações passadas para os avaliadores de pesquisa entenderem o que deve ser avaliado para determinar a qualidade de uma página na internet. Esses avaliadores são pessoas (não robôs) que o Google chama para monitorar continuamente a qualidade dos resultados da pesquisa.

Esse documento é feito para os avaliadores, mencionando até a relação entre eles e a contratante. Contudo, aqui teremos uma visão para entender o que eles observam em nossas páginas e assim melhorá-las para isso.

Os detalhes de relação entre os avaliadores e as empresas e outros pormenores que não influenciam no trabalho de SEO serão, portanto, suprimidos do texto.

Experiência de Busca

A internet é uma vasta coleção de informações e conteúdo e os mecanismos de pesquisa são ferramentas poderosas para se explorar esse universo. Hoje, as pessoas pesquisam de várias formas, usando a caixa de pesquisa, o navegador, o assistente de voz, pesquisa de voz, o autocompletar etc.

As pessoas também pesquisam pelos mais diversos propósitos. Desde uma pesquisa rápida sobre uma tarefa até pesquisas em profundidade. A pesquisa também pode ser parte de um projeto de longo prazo, como reorganizar a casa ou fazer uma viagem. A pesquisa também pode ser feita para buscar entretenimento, como por vídeos engraçados. A pesquisa também pode ser uma pergunta sobre um momento crítico da vida da pessoa, como: [quais os sintomas de um infarto?].

Para ajudar as pessoas a concluir essas tarefas, os mecanismos de pesquisa devem promover resultados diversos, com qualidade e da forma mais auxiliar o possível.

Pesquisas diferentes demandam resultados diferentes. Pesquisas sobre questões médicas devem ser altamente confiáveis e com autoridade. Pesquisas sobre “animais fofos” devem ser adoráveis. Pesquisa sobre um site específico deve ter esse site no topo. Pesquisas com muitas possibilidades devem ter resultados diversos que representem a diversidade de significados e pontos de vista.

Pessoas do mundo todo usam mecanismos de pesquisa. Portanto, os resultados devem satisfazer essa diversidade, representando diversidade e o panorama cultural das pessoas.

Por fim, os mecanismos de pesquisa devem ajudar as pessoas. Devem fornecer informações de autoridades e que sejam confiáveis e não levar as pessoas a se enganarem. Os resultados devem fornecer para as pessoas o que elas estão procurando e não surpresas desagradáveis, ofensivas ou conteúdos perturbadores. Assuntos com violência, nudez explicita, ódio etc. somente são apropriados se as pessoas pesquisaram exatamente por isso, de modo que fique claro que elas estão pesquisando por esse tipo de conteúdo e não há outra interpretação razoável para a pesquisa feita.

O Propósito do Search Quality Ranking

As avaliações serão usadas para avaliar a qualidade das páginas na web. Bons mecanismos de busca dão resultados que ajudam as pessoas, condizentes com sua língua e região.

Search Quality Evaluator Guidelines

Introdução ao Search Quality Rating (Você está aqui!)

Inscreva-se no canal do Youtube.

Assine e receba conteúdos gratuitos e relevantes para você!
Plugin do Google Para WordPress

Plugin do Google Para WordPress

O plugin do Google para WordPress, o Site Kit by Google. Esse é o plugin que muitos pediam e esperavam!

No dia 31 de outubro, o Google anunciou no seu Official Google Webmasters Central Blog o lançamento do Site Kit para sites WordPress.

Trata-se de um plugin para a plataforma que permitirá o acompanhamento de:

1. Tráfego do site, com um relatório informando como as pessoas encontraram seu site por meio dos dados do Google Analytics;

2. Funil de busca, com relatório informando quantas pessoas viram e clicaram no seu site na rede de pesquisa do Google, utilizando-se do Google Analytics e do Google Search Console;

3. Popularidade, com um relatório informando quais suas páginas mais populares e quais os termos que levaram a elas, utilizando-se também do Google Analytics e do Google Search Console;

4. Velocidade, com um relatório informando a velocidade da sua homepage, baseando-se nos dados do Google PageSpeed Insights; e

5. Google Adsense, com um relatório informando sua performance com o Google Adsense.

Vantages do Plugin do Google Para WordPess

O plugin do Google para WordPress certamente traz várias vantagens.

Uma delas é a verificação de propriedade por meio do Google Search Console, sem a necessidade de colocar um snippet no seu site.

Outra, é a conveniência e a facilidade de acessar informações importantes no próprio painel do WordPress.

O Google Site Kit também permitirá o cruzamento de informações entre Google Search Console, Google Analytics, Google PageSpeed Insights e Adsense, possibilitando uma visão mais holística do que está acontecendo com o seu site.

Por fim, há também a grande vantagem de não mexer com edição de códigos, o que para muitos é um impeditivo desse tipo de ferramenta.

Instalado o Site Kit by Google você poderá revisar o seu painel semanalmente verificando se há alguma diferença significativa na forma como as pessoas estão encontrando seu site, comparar suas melhores páginas e como elas estão sendo encontradas e mesmo verificar se a velocidade de carregamento de suas páginas está afetando sua bounce rate.

Enfim, o plugin do Google para WordPress é certamente mais um ponto para a plataforma!

Quer saber mais como funciona o Google Ads? Veja aqui!

Antes de ir, não se esqueça de inscrever no site e no canal do YouTube!

Assine e receba conteúdos gratuitos e relevantes para você!

Inscreva-se no canal do Youtube.

Como Funciona o Google Ads

Como Funciona o Google Ads

Como Funciona o Google Ads?

Como funciona o Google Ads?

Hoje é muito comum querer saber como funciona o Google Ads. Afinal, as pessoas começaram a usa-lo mais no Brasil e, consequentemente, começaram a ter bons resultados!

Mas vamos lá então!

De forma bem resumida, o Google Ads é a plataforma de anúncios no Google que permite que você anuncie para pessoas por meio de:

1. Pesquisa: quando a pessoa pesquisa qualquer coisa no Google ou em seus parceiros.

2. Rede de Display: são aqueles banners que aparecem em sites de notícias e blogs.

3. Vídeos do YouTube: tanto na pesquisa quanto aqueles vídeos que aparecem no meio do vídeo que você está vendo.

4. Google Maps: alguns anúncios também já aparecem no Google Maps, ou seja, quando as pessoas estão procurando por conteúdo local.

5. Google Play: também se pode anunciar na loja de aplicativos do Google.

Como Você Escolhe Para Quem Anunciar?

A forma mais conhecida e utilizada para se escolher o público que verá seus anúncios é o uso das palavras-chave.

Por meio da escolha das suas palavras-chave, você pode escolher as pesquisas que acionarão seu anúncio na Rede de Pesquisa do Google Ads.

Você também pode escolher por meio de interesses e comportamento de públicos-alvo, mas isso não é muito usado pelos profissionais de Google Ads. Uma exceção, é o uso de públicos-alvo para remarketing na Rede de Display e no Youtube.

Há também em nível de pessoas os dados demográficos, como idade, gênero, que são mais usados do que os interesses, por exemplo.

Outra possibilidade é escolher sites nos quais seu anúncio aparecerá. E também se aparecerá em aplicativos do Google Play.

Por fim, você também pode escolher os vídeos e os canais nos quais suas campanhas de vídeo aparecerão.

Tratando-se de configurações gerais, uma poderosa possibilidade é a de localização. Ou seja, você pode anunciar apenas para sua cidade ou para o Brasil todo!

Se for uma cidade grande, você pode também anunciar para um bairro e seus arredores.

Ainda nas configurações, você pode escolher os dias da semana e a hora que os anúncios aparecerão. Tal como os dispositivos: só para smartphones, só para computadores ou ambos, por exemplo.

Há, claro, a possibilidade de fazer combinações dessas segmentações, ou seja, para certos sites com certas palavras-chave ou certos canais com certos públicos-alvo, como remarketing.

Como Você Paga no Google Ads?

E uma importante informação sobre como funciona o Google Ads é como você paga para usa-lo, não é mesmo? Bom, vamos explicar então.

O Google Ads possui basicamente dois tipos de cobrança:

1. Por clique: na rede de pesquisa, principalmente. Ou seja, quando alguém clica de fato no seu anúncio.

2. Por impressão: impressão se refere a quando o seu anúncio aparece na tela da pessoa. Ou seja, ela provavelmente viu o teu anúncio.

3. Por visualização: você também pode pagar por visualização do vídeo. Ou seja, se a pessoa viu alguns segundos de seu vídeo, você paga pelo anúncio ao Google.

Como São Escolhidos os Anúncios Exibidos?

No Google Ads, você estará concorrendo com várias pessoas que também anunciam para as mesmas situações que você.

Assim, o Google escolhe os anúncios que serão mostrados por meio de um leilão. Ou seja, cada vez que alguém pesquisa alguma coisa, o Google faz um pequeno leilão automático em microssegundos e decide os anúncios que mostrará.

Dentre os fatores que influenciam esse leilão, dois fatores são essenciais:

1. Custo por clique: quanto mais alto for seu orçamento e mais você estiver disposto a pagar por um clique, maior a chance de você aparecer nas pesquisas e outras formas de anúncio do Google.

2. Índice de qualidade: o índice de qualidade é um índice de 1 a 10 que considera vários fatores. Entre os principais: a expectativa da pessoa clicar no seu anúncio, a experiência da pessoa na página de destino, a correspondência entre o que a pessoa pesquisou e o que está escrito no seu anúncios.

Basicamente com esses dois parâmetros o Google decidirá quando seu anúncio aparecerá e quanto você pagará pelo clique, considerando-se a concorrência.

E Depois Que a Pessoa Clica no Anúncio?

Esse momento também é importante.

Primeiramente, a página precisa ser coerente com o anúncio. Ou seja, se você oferece um serviço XYZ no anúncio, precisa levar para uma página sobre o serviço XYZ.

Também é necessário que tenha um objetivo claro na página. Seja a pessoa comprar um produto, deixar os dados para contato ou mesmo entrar em contato via WhatsApp, por exemplo.

Por fim, é necessário, no caso da rede de pesquisa, que exista as palavras-chave do anúncio na página de destino para que o Índice de Qualidade seja maior.

E Como Funciona o Google Ads Para Você?

Agora que você já tem uma visão geral da plataforma, como ele pode funcionar para você?

O meu conselho é que você comece usando a rede de pesquisa, com palavras-chave para entender a plataforma.

E irá funcionar?

Com o uso das palavras-chave, você estará anunciando para quem está procurando seu produto ou serviço. Ou seja, são pessoas que já estão interessadas no que você está oferecendo.

É, portanto, a sua maior chance de conversão dentro da internet.

E Como Começar a Usar o Google Ads?

E aí, entendeu como funciona o Google Ads?

Agora, para criar a sua conta, basta clicar no link aqui: Google Ads.

Mas antes de ir, gostaria de te convidar a se inscrever na nossa lista de emails para ficar por dentro das novidades!

Assine e receba conteúdos gratuitos e relevantes para você!

E se você curte ver vídeos, dá uma olhada no canal do YouTube.

Inscreva-se no canal do Youtube.